NSBR | Noah Schnapp Brasil » Arquivo » Exclusivo: Entrevista da Decorated Youth com Noah Schnapp
                 Sejam bem-vindos ao Noah Schnapp Brasil, a primeira e maior fonte sobre o ator      Noah Schnapp, mais conhecido por interpretar Will Byers na série de sucesso da Netflix "Stranger Things". Aqui você encontrará as mais recentes notícias, uma vasta galeria e tudo sobre o Noah.
Aproveite a visita e volte sempre!
MV5BZmY0NjIyYzMtYWI3Mi00YTM1LTliOTYtNjgzOTg5YWEzNDI2XkEyXkFqcGdeQXVyNTY0NDQwODU___V1_.jpg
MV5BNzRlZDRjNDUtMGQyMC00MjBhLWFlMDEtNDI1YTEyZjE3ZTQ4XkEyXkFqcGdeQXVyNTY0NDQwODU___V1_SY1000_CR02C02C6672C1000_AL_.jpg
nsbr_foto1_hq.png
15802705_272570616493854_5415623859523026944_n.jpg
img142.jpg
22
02
Você esta lendo:
Gostou? Compartilhe essa postagem com os amigos!
Filed in: Uncategorized

A alguns dias atrás Noah Schnapp participou de uma entrevista para a edição 16 da revista Decorated Youth que está sendo lançada hoje, dia 22 de Fevereiro de 2017. O NSBR entrou em contato com a revista e conseguiu a matéria exclusiva para vocês, junto da matéria foi liberada mais photoshoots do Noah, que foram feitos por The Riker Brothers. Veja agora na integra essa incrível entrevista exclusiva para vocês!

 

 

Noah nascido e criado em Westchester, Nova Iorque, é um ator que costumada fazer filmes curtos com sua irmã gêmea Chloe; os dois criavam e editavam os filmes e ele dirigia. Depois de ir até a performance da Brodway de Annie, quando ele tinha aproximadamente 6 anos, Noah percebeu que também queria estar nos palcos .“Eu lembro de ver as apresentações ever as pessoas lá em cima e eu queria ser as pessoas do palco.”

“Foi a partir daí que deu o click que eu queria ser ator”

img13

Mais Photoshoots do Noah para The Riker Brothers vocês encontram na nossa galeria.

Para um dos primeiros papéis de Noah, quando ele tinha cerca de 8 anos, ele trabalhou com Tom Hanks e Steven Spielberg no filme Ponte de Espiões. Depois de notar como a experiência foi incrível, Noah recorda um momento no set em que o elenco inteiro o surpreendeu em seu aniversário: “Eles me disseram que eu tinha que me educar e me tiraram do set mas era 3 de Outubro, que é meu aniversário e todos começaram a cantar ‘Feliz Aniversário’ “, diz ele.

 

“Eu tinha uma foto minha na frente do bolo e atrás de mim estavam o Sr. Spielberg e o Sr. Hanks. Isso era algo.” Noah elogia tanto Hanks como Spielberg pela sua genuína bondade: Spielberg mostrou-lhe vídeos de suas filhas na faculdade e Hanks sempre indicava a luz de certa forma para Noah. Um mês depois que Ponde de Espiões foi lançado (novembro de 2015), Noah conseguiu um outro papel icónico: emprestou sua voz a Charlie Brown no filme “The Peanuts”. Ao mesmo tempo, estava em sua mente dar vida a um dos papéis mais sinistros até agora – Will Byers do show da Netflix Stranger Things. Normalmente, depois de memorizar suas falas, Noah passa por cada parte do roteiro e pensa sobre o que seu personagem estaria pensando naquele momento, então quando é hora de gravar,  ele pode incorporar completamente esse personagem.

Desde que a linha de pensamento de Stranger Things foi dedicada em parte aos filmes dos anos 80 de Steven Spielberg, e Noah tinha trabalhado com ele no passado, o papel teve o tipo de um efeito completo. “No filme de Spielberg, eu interpretei um personagem nos anos 50 e acho que é muito legal fazer um personagem de um período de tempo diferente”, diz ele. “Eu gostei de estar no período dos anos 80, meus pais sempre estavam me dizendo  ‘Oh, eu me lembro de usar essa camisa’ ou algo assim, e eu adoro como isso traz de volta todos para a época”.

Para a audição da série, Noah originalmente entrou para ler para a parte de Mike Wheeler (interpretado por Finn Wolfhard), mas depois pediram-lhe para ler para Will. Os scripts que eles usaram foram progressivos, e até mesmo leram scripts de Stand By Me (1986).

Na primeira cena da série, Noah foi posto à prova. Há uma cena solo dele sendo perseguido pelo Demogorgon onde não tem nenhuma fala e tem que usar simplesmente expressões faciais para expressar seus sentimentos. Noah explica que o filme All Is Lost (2013), estrelado por Robert Redford, ajudou-o muito quando se tratou de interpretar isso: “Era um filme onde ele estava sozinho neste barco e ele não falou o filme inteiro, ele mostrou que ele nem precisava falar, a expressão em seu rosto … fez tal significado. “

Na Primavera de 2015, Noah conheceu Redford quando participou do Sundance Directors Lab e desempenhou o papel principal no filme intitulado Untitled Loveless Fable, do diretor Brent Green, onde de duzentos diretores, atores e roteiristas foi a pessoa mais jovem convidada. Durante este laboratório, ele aprendeu que era bom improvisar falas e experimentar cenas. “Eu tive a sorte de estar entre muitas pessoas e eu era o único garoto lá”, diz ele. “Foi definitivamente uma experiência de aprendizagem.” Noah estava freqüentando o acampamento de verão quando a ligação que ele conseguiu o papel veio. Quando o show estreou um ano depois (Julho de 2016), ele estava mais uma vez no acampamento de verão, e desde que ele não estava nas redes sociais na época, ele perdeu a comoção viral causada pelo show. Noah diz que sua coisa favorita sobre a atuação é a capacidade de ser outra pessoa: “Onde você não tem que ser sua própria pessoa, você poderia fazer a transição para diferentes personagens, comportamentos, eu amo estar em outro período de tempo onde tudo é tudo diferente”. Parece que a maioria papéis que ele fez, estão em um período de tempo diferente, incluindo o seu papel no curta-metragem The Circle com Ryan Phillippe que se baseou durante a Grande Depressão: “Foi muito legal porque todo o filme foi filmado em um drone”.

Além de estar em filmes e programas de televisão, Noah também pode adicionar aparecer em um vídeo de música para seu currículo. O vídeo da música foi para a música “LA Devotee” de Panic! At The Disco: Minha mãe tinha alguns amigos querealmente queriam fazer isso comigo e trabalhamos juntos e eu disse ‘Oh, isso soa tão legal, um videoclipe. É tão diferente de tudo o que eu fiz antes. ” Noah também mencionou que quando eles disseram que ele ia fazer o vídeo, ele se lembrava de ter que memorizar as letras para que ele pudesse pronunciar as palavras. Ele andava em círculos no porão repetindo as palavras continuamente, “e agora não posso mais tirá-las da minha cabeça”. Para o futuro de Noah e  Stranger Things, ele está mais ansioso para ver o que seu personagem tem reservado para ele: “Estou animado para ver onde meu personagem vai e como eles escrevem, se ele se torna mal ou o que acontece.” Dizendo que, uma vez que Will Byers vomita a lesma no final da temporada, está sugerindo que algo vai acontecer com esse monstro dentro dele. Em relação a outros trabalhos, seu papel mais recente em filmes foi em We So Know So Much, que está em pós-produção e programado para lançamento este ano.

 

“Onde você não tem que ser sua própria pessoa, você poderia fazer a transição para diferentes personagens, comportamentos, eu amo estar em outro período de tempo onde tudo é tudo diferente “

Entrevista original(inglês): Noah Schnapp – Decorated Youth Magazine – Issue 16

A equipe do NSBR gostaria de agradecer a revista Decorated Youth e a Heather Hawke por disponibilizar essa matéria totalmente exclusiva para nós.

nossos parceiros